Uma coleção brasileira dedicada aos Estudos da Tradução

Uma coleção brasileira dedicada aos Estudos da Tradução

Os Estudos da Tradução e suas engrenagens

Por Marie-Hélène Catherine Torres

O livro História da Tradução: ensaios de teoria, crítica e tradução literária é o primeiro volume de uma coleção inédita no Brasil publicada pela Editora Pontes, a coleção Estudos da Tradução. O logo da Coleção, Engrenagens, é bastante sugestivo e aponta, se pensarmos, de um lado, para o termo emprestado da área da mecânica, para a ideia de mecanismos, movimento(s), de relações de transmissão ou ainda de pontos de contato. Todos, pontos que dizem respeito à essência da tradução e à história da tradução. Por outro lado, “Engrenagens” poderia também significar algo do qual não se pode escapar ou livrar, algo inerente ao funcionamento das relações humanas, ou em outras palavras, à tradução. Esta coleção tem como objetivo apresentar trabalhos de pesquisa e estudos críticos sobre a tradução em todas as suas vertentes, destacando-se, desse modo, sua característica mais importante – a interdisciplinaridade. Sendo assim, a Coleção publicará obras reunindo pesquisas apresentadas em importantes eventos da área, manuais de ensino de tradução e reflexões sobre a didática da tradução no Brasil e fora dele, estudos de caso, perfis de tradutoras e tradutores e estudos sobre a tradução de textos pragmáticos e sobre textos das mais diversas áreas do conhecimento, além de trabalhos sobre as mais diversas engrenagens que estruturam os Estudos da tradução.13933381_1068113449946217_110375892_n

A organizadora e mentora da Coleção Estudos da tradução, a professora e pesquisadora Germana Henriques Pereira de Sousa, especialista em Literatura e Tradução, tem organizado, há alguns anos, o reconhecido Seminário de História da Tradução e da Tradução Literária na Universidade de Brasília, que está na sua quinta edição e graças ao qual o leitor pode desfrutar deste primeiro número sobre a História da Tradução. A iniciativa de Germana Henriques é primorosa e sui generis no Brasil do início do século XXI!

Pensar a História da Tradução no Brasil permite à disciplina de Estudos da Tradução se conhecer melhor, se reenergizar, antropofagicamente falando. Uma visão retrospectiva, um olhar de conjunto sobre a História da Tradução, constituem uma tarefa necessária para o estabelecimento e criação de uma teoria moderna da tradução no Brasil, fonte importante para as pesquisas, não somente em Estudos da Tradução, mas também em história da literatura, da cultura, do livro e das ideias.

O homem sempre traduziu e a história da tradução restitui certa visibilidade às suas reflexões teóricas e filosóficas das posições e decisões sobre a própria natureza da tradução e de sua prática. E, se a tradução sempre existiu, qual a sua função através dos tempos? Qual a história das tradutoras e tradutores no Brasil? Qual a história das teorias e das práticas da tradução? Quais os momentos-chave da História da Tradução no Brasil? Alguns questionamentos que este primeiro volume tenta oferecer como discussão inicial sobre o tema.

MAIS LANÇAMENTOS

Por Marlova Aseff

francesas

O segundo volume da coleção Estudos da Tradução, editado pela Editora Pontes com o apoio da Capes, foi lançado durante o V Seminário de História da Tradução e Tradução Literária, que ocorreu de 10 a 12 de agosto em Brasília. Trata-se de A tradução de obras francesas no Brasil:trajetórias, debates, deslocamentos. O livro de 184 páginas reúne textos das comunicações apresentadas durante o III Encontro de Tradutores de Obras Francesas no Brasil, ocorrido em João Pessoa em outubro de 2014. A organização ficou a cargo da professora Marta Pragana Dantas, da UFPB, e de Germana Henriques Pereira de Sousa, da UnB.

Já o volume 2 de História da Tradução: ensaios de teoria, crítica e tradução literária já está sendo preparado e será lançado em setembro durante o Congresso da Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic), no Rio de Janeiro. A edição conta com o apoio da Capes e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).

 

2 ideias sobre "Uma coleção brasileira dedicada aos Estudos da Tradução"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *