Sérgio Wax

Sérgio Wax é italiano, mas está radicado em Belém (PA) desde 1978. Escreve em português. O livro 33 experimentos e uma suíte (1982) marca a sua estreia na poesia.  Traduziu A alegria, de Ungaretti (RK, 1989) e O Panamá, ou, As aventuras dos meus sete tios ; 19 poemas elásticos ; A guerra no Luxemburgo; Poemas negros, de Blaise Cendrars (Editora universitária – UFPA, 1993).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *