Raimundo Gadelha

Raimundo Gadelha (1953) é publicitário, poeta, fotógrafo, jornalista e editor. Tem especialização na Universidade de Sophia, em Tóquio, onde viveu durante três anos, depois de ter estudado em Nova York. Sua obra percorre o romance e a poesia, geralmente associados à fotografia. Trabalhou como editor da Aliança Cultural Brasil-Japão e, em 1994, fundou a Escrituras Editora. É autor de diversos livros, entre eles: Tereza, perdida, Tereza (contos, 1978), Colagem Trágica (poemas, 1980), Este circo tem futuro (teatro, 1982), e Um estreito chamado horizonte (1992), Em algum lugar dentro de você mesmo (poesia, 1994, português-japonês), Brasil Retratos Poéticos 1 (fotografia/poesia, 1996), Para não esqueceres dos seres que somos (poesia, 1998), Vida útil do tempo (poesia, 2004), e Em algum lugar do horizonte (romance, 2000), esse último publicado também na Grécia e no México. Em 2007, Raimundo Gadelha assumiu a direção da livraria virtual Arte Paubrasil. Consta do levantamento de tradução poética com Terratempo (Aliança Cultural Brasil-Japão, 1993), tankas de Kikuti Wanami, em parceria com Masuo Yamaki.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *