Paulo Leminski

leminski
Fonte: Wikipedia

Paulo Leminski (1944-1989) era curitibano. Estreou como poeta em 1964 na revista Invenção, publicação dos poetas concretos paulistas. Publicitário, letrista e músico, teve canções gravadas por Caetano Veloso e pelo grupo A cor do som.  Em 1975, publicou o romance experimental Catatau. Foi um estudioso da língua e cultura japonesas e apreciador do haicai, chegando a escrever uma biografia de Bashô. Entre os seus livros de poemas, estão: Polonaises (1980); Caprichos e relaxos (1983), Hai Tropikais (1985), La vie en close (1991), entre outros. Venceu o Prêmio Jabuti de Poesia em 1995. No terreno poético, traduziu, de Lawrence Ferlinghetti, Vida sem fim (com Nelson Ascher e outros tradutores, Brasiliense, 1984); Giacomo Joyce, de James Joyce (Brasiliense, 1985), e a antologia de poesia egípcia antiga Fogo e água na terra dos deuses (Expressão, 1987).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *