Mário Domingues

Mário Domingues (1973) é poeta, mestre em Letras Clássicas pela USP, com dissertação sobre a tradução do Canto VI do De rerum Natura [A natureza das coisas], do poeta latino Lucrécio (séc. I a. C).   É autor dos livros de poemas Paisagem Transitória (Ed. Ciência do Acidente, 2001)  e Musga (Ed. Mirabilia, 2010). Musga também traz traduções de fragmentos de A natureza das coisas, de Lucrécio, e três odes de Catulo. Traduziu do latim 29 aforismos astrológicos do Centiloquium, de Ptolomeu. Publica nas revistas Zunái, Coyote e Oroboro. No âmbito poético, traduziu O Tigre de Veludo – alguns poemas  de e e.e. cummings (Ed. da UNB, 2007).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *