José Lira

José Lira

José Lira (1946) é um poeta-tradutor com raízes na poesia oral nordestina. Funcionário público aposentado (Banco do Brasil), sua obra poética foi publicada em folhetos no formato de cordel. Publicou A vida e as ideias geniais e dicotômicas do pai da ciência da linguística Ferdinand de Saussure (Ed. Autor, 1995/Coqueiro, 2009); O teatro maravilhoso de Gil Vicente (Ed. Autor, 1996/Coqueiro, 2009); Auto da aprovação (Coqueiro, 2008); Recital da vida e obra do poeta Castro Alves (Coqueiro, 2010); Episódio milagroso do Padre Cícero Romão (Ed. Autor, 1995). Hoje, dedica-se a compor um livro de haicais. Lira ingressou já maduro na graduação em Letras na UFPE, quando conheceu a obra de Emily Dickinson, tornando-se seu dedicado tradutor. Consta do levantamento com duas traduções de Dickinson: Alguns poemas (Iluminuras, 2006), finalista do Prêmio Jabuti de 2007; 20 poemas de amor e uma canção de Emily Dickinson (Editora José Lira, 2009); além de Nuvens de Iowa, de Jack Kerouac (José Lira, 2009) e O corvo, de Edgar Allan Poe (José Lira, 2009).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *