José Guilherme de Araújo Jorge

José Guilherme de Araújo Jorge (1914-1987) nasceu e passou a infância no Acre. Na Faculdade de Direito, foi o fundador e o 1º Presidente da Academia de Letras, que teve como patrono Afrânio Peixoto, então professor de Medicina Legal. Foi locutor e redator de programas radiofônicos, atuando nas Rádios Nacional, Cruzeiro do Sul, Tupi e Eldorado. Em 1965, começou a trabalhar como professor de História e Literatura, do Colégio  Pedro II, no Rio de Janeiro. Elegeu-se Deputado Federal em 1970 pelo Estado da Guanabara, legislando por três mandatos.  Lutou, ainda estudante, contra o Estado Novo, sendo preso e perseguido várias vezes durante esse período. Estreou com Meu céu interior (1934) e publicou outros 36 livros, a maioria de poemas. Suas traduções poéticas estão na antologia Os mais belos sonetos que o amor inspirou, vol.3 (Vecchi, 1966), que reúne poesia universal, europeia e americana, sendo 26 poetas franceses, sete ingleses e sete italianos, 58 poetas hispano-americanos e dois norte-americanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *