Alexei Bueno

Alexei Bueno

Alexei Bueno (1963) é poeta, editor. Foi diretor do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC) do Rio de Janeiro. Estreou em 1984 com o livro As escadas da torre. É conhecido por sua dicção “solene” e “hermética” e pelo uso das formas fixas (PINTO, 2006, p. 94). Organizou, para a editora Nova Aguilar, as obras completas de Augusto dos Anjos, de Mário de Sá-Carneiro, a atualização da obra completa de Cruz e Sousa, a Obra reunida de Olavo Bilac, a poesia completa de Jorge de Lima e a obra completa de Almada Negreiros, a poesia e prosa completas de Gonçalves Dias e uma nova edição da Poesia completa e prosa de Vinicius de Moraes. Publicou, pela Nova Fronteira, uma edição comentada de Os Lusíadas e de Grandes poemas do Romantismo brasileiro. Consta do levantamento de poesia traduzida com As quimeras, de Nerval (Topbooks, 1996), e é um dos tradutores da antologia Poesia e prosa, de Leopardi (Nova Aguilar, 1996).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *