Adalberto Müller

Adalberto Müller

Adalberto Müller (1966) nasceu em Ponta Porã (MS). É professor de Teoria da Literatura e de Literatura e Cinema na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde desenvolve projetos sobre Literatura e Cinema. Publicou os livros de poemas Ex Officio (Paris, 1995) e Enquanto velo teu sono (7Letras, 2003). Organizou o livro de ensaios  Benedito Nunes, João Cabral: a máquina do poema (Ed. da UnB, 2007). É membro do Conselho Deliberativo da SOCINE (Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual). Escreveu e dirigiu, com Ricardo Carvalho, o curta-metragem (35mm, 15′) Wenceslau e a árvore do gramofone, sobre a poesia de Manoel de Barros. Traduziu, de Francis Ponge, O partido das coisas (Iluminuras, 2000) e A mimosa (UnB, 2003). Traduziu ainda, de Cummings, O tigre de veludo (UnB, 2007).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *