Abgar Renault

Foto: site da ABL
Foto: site da ABL

Abgar Renault (1901-1995) foi professor universitário, político, ensaísta, além de poeta. Nascido em Barbacena (MG), junto a Carlos Drummond de Andrade participou do movimento modernista em Minas Gerais e, juntos, fundaram em 1925 A Revista, em Belo Horizonte. Publicou quatro livros de poemas entre 1968 e 1983. Foi membro da Academia Brasileira de Letras e ministro da educação do país entre 1955 e 1956.  Seu período mais produtivo como tradutor de poesia foi a década de 1940, quando publicou traduções de Rabindranath Tagore e, nos anos 1950, a peça Jumento do Presépio, do poeta franco-uruguaio Jules Supervielle, além da antologia Poemas ingleses de guerra (1942).  No levantamento de traduções poéticas entre 1960 e 2009, seu nome aparece na antologia Tradução e versão (Record, 1994). Essa obra reúne as suas traduções poéticas de inúmeros poetas de língua inglesa – de Shakespeare a Pound, além de algumas traduções do francês, do alemão (Rilke) e do espanhol (Jorge Luis Borges), além de um capítulo especial dedicado a poetas negros norte-americanos. Apresenta também versões para o inglês de poemas de Manuel Bandeira, Murilo Mendes, Cecília Meireles, Carlos Drummond, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *